Venezuela
Maduro afirmou em seu Twitter que a Venezuela desenvolveu um medicamento que pode colocar fim à pandemia, com estudos realizados nos últimos 6 meses
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
maduro 2
Nicolás Maduro | Foto: Reprodução

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou que os cientistas do Instituto Venezuelano de Investigações Científicas (IVIC) desenvolveram uma molécula que aniquila completamente o vírus que provoca a COVID-19.

Além disso, o líder venezuelano assegura que o novo medicamento pode deter a COVID-19 e que o estudo teve uma duração de seis meses.

“Hoje, posso dizer oficialmente que esta molécula […] foi testada para a COVID-19, foram feitas todas as investigações […] o estudo durou seis meses, dando como resultado a aniquilação de 100% do vírus da COVID-19”, assegurou.

“Quero dizer que a Venezuela conseguiu um medicamento que anula a 100% o coronavírus”, ressaltou, adicionando que o novo medicamento “não apresenta nenhum tipo de toxicidade que afete as moléculas saudáveis”.

​Tremenda notícia! Certificamos a molécula DR10 como um antiviral altamente eficaz na luta contra a COVID-19. Iniciamos o processo de certificação junto à OMS para oferecer este tratamento ao mundo. Agraço à equipe do IVIC por esta grande aquisição da humanidade.

A molécula citada por Maduro é a DR10, que já foi usada no tratamento de doenças como a hepatite C, o vírus do papiloma humano e o ebola.

Maduro também destacou que o estudo realizado pelos pesquisadores do IVIC foi confirmado por outros cientistas, e que “nos próximos dias será construído o percurso, para, através da Organização Mundial de Saúde, ratificar os resultados obtidos pelo IVIC”.

Assim que obtiver a ratificação, a Venezuela vai preparar a produção massiva desta molécula e fornecê-la a nível mundial com a devida colaboração internacional.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas