Maduro afirma que o governo da Colômbia planejou tentativa de assassiná-lo

maduro2

Da redação – O presidente eleito por 9 milhões de venezuelanos, Nicolás Maduro, participando de reunião com o alto comando de seu governo, enviou mensagem ao seu povo para esclarecer que estão investigando os culpados pela tentativa de assassinato contra ele no último sábado. O líder bolivariano reitera as acusações à Colômbia, serviçal do imperialismo norte-americano.

Assista toda a declaração para compreender a seriedade da guerra que os EUA estão preparando contra a Venezuela, e assim, contra todos os países do mundo que se coloquem contra sua política assassina: