Espanha
Medidas restritivas correspondem ao alto número de casos diários
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
madri
Profissionais de saúde em Madri | Foto: Manu Fernandez/AP

A cidade de Madri adiou, mais uma vez, o que tem sido chamado pela imprensa burguesa de “volta à normalidade”. A Espanha ainda vive uma situação muito instável no que diz respeito à pandemia de coronavírus. Nas últimas semanas, milhares de contágios diários têm sido registrados no país.

Justamente por isso, Madri decidiu retomar uma série de medidas restritivas em relação à concentração de pessoas. A preocupação da burguesia espanhola mostra que o risco de uma segunda onda da COVID-19 permanece.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas