Maceió: Alagoanos fazem festa com subida histórica do CSA para série A

admin-ajax

Da redação – No sábado (24), o Clube Sportivo Alagoano (CSA), principal time de Alagoas junto com o CRB, ganhou de 4 à 0 contra a Juventude. Neste resultado, concretizou-se a subida do time para a série A do campeonato brasileiro.

Foi uma subida histórica para o time Alagoano. Depois de passar dois anos sem divisão, no período entre 2010 e 2014, o CSA voltou a ingressar no campeonato brasileiro em 2015, na série D.

Em 2016, o time foi vice-campeão da “D”, ingressando na Série C do campeonato de 2017, sendo campeão neste mesmo ano. A subida para a série B foi uma vitória enorme do CSA, que pode voltar a disputar partidas contra seu principal rival (CRB), por fora do campeonato Alagoano e da Copa do Nordeste.

O time fez então uma excelente temporada. Passou todo o campeonato brasileiro de 2018 no topo da linha de classificação, de forma que os “azulinos” esperaram o fim do ano só para confirmar a subida e esperando para que o time continuasse fazendo bom desempenho.

E assim, com o último jogo realizado no sábado e vitória do time de goleada contra o Juventude, os torcedores fizeram a festa. Um festa que chegou a ser maior do que manifestações de ruas, como não podia deixar de ser diante da popularidade do esporte e do tamanho da torcida do “azulão”.

Ontem, domingo (25), a torcida foi receber os jogadores no Aeroporto Internacional Zumbi dos Palmares, na divisória entre Maceió e Rio Largo. Milhares de pessoas se reuniram e iniciaram uma manifestação que agrupou em seguida dezenas de milhares de torcedores, que marcharam do Aeroporto até a orla de Maceió – duas extremidades da cidade.

Nas ruas, só se podia ver bandeiras e camisetas azuis e brancas. Isso é o futebol: a festa do povo! E é por isso que os golpistas e o imperialismo atacam tanto um esporte. Para burguesia, um esporte que reúne tantos operários e trabalhadores não pode ser bom para sustentar este regime de repressão.