Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
lula
|

Da redação – O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu e aceitou o pedido da defesa de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), para que julgasse presencialmente, e não mais em plenário virtual, a ação que pretende suspender o processo sobre supostas propinas referentes a um terreno em São Paulo.

Em mais este caso fraudulento, o ex-presidente é acusado pela Lava Jato de receber R$ 12,5 milhões da Odebrecht, na forma de um terreno que seria destinado ao Instituto Lula. Porém, como nos casos do triplex e do Sítio de Atibaia, não serão apresentadas provas, papeis, mas sim, uma vergonhosa investigação organizada direto dos EUA para manter Lula preso até o fim de sua vida.

A situação de Lula é mais do que ridícula, pois, se lembrarmos bem dos acontecimento, no segundo processo, a juíza – incompetente -, não foi capaz de mudar o nome “apartamento” para “sítio”, colando a sentença do processo de Sérgio Moro.

É preciso que o povo denuncie nas ruas, organizando grandes atos, manifestações para falar com o povo, mutirões de coleta de assinatura aos domingos em locais de grande aglomeração, até uma greve geral que pare o país. O governo Bolsonaro esta fraco, os escândalos da “Vaza-Jato” estão sendo expostos em todo o mundo, e junto a isso, a situação de Lula também está sendo denunciada em todo mundo.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas