Lula ou nada: 28ª Conferência Nacional do PCO referenda apoio a Lula nas eleições até o fim

IMG_20180819_110634401

ªNo último final de semana, dias 18 e 19 de agosto, aconteceu em São Paulo a 28ª Conferencia Nacional do Partido da Causa Operária, o PCO. A Conferencia contou com a presença  de delegados eleitos de todas as regiões do País, das quais o Partido tem um trabalho organizado. A atividade também contou com a participação dos principais candidatos majoritários nas eleições desse ano pelo PCO.

O PCO foi o partido que mais cresceu a nível nacional em número de candidatos nessa eleição, ao todo são cento e trinta companheiros que participarão das eleições desse ano defendendo o programa do partido, a luta contra o golpe e em defesa da liberdade e da candidatura de Lula. Um crescimento de 150% em comparação a eleição de 2014.

Na Conferência, um dos pontos chaves da discussão foi o apoio incondicional à candidatura de Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições desse ano. Para o PCO, a candidatura de Lula é a única que expressa uma oposição real ao golpe de estado. Lula, que está preso arbitrariamente em Curitiba, em decorrência de uma perseguição política levada a cabo pelos golpistas, é o único candidato que detém um vínculo direto com a classe trabalhadora, suas organizações de luta e movimentos sociais, Lula é a expressão direta do desenvolvimento histórico das luta operárias no país nas últimas quatro décadas. Esta fato explica intensa campanha dos golpistas, por meio da imprensa e do judiciário, na tentativa de cassar a qualquer custo a candidatura do ex-presidente.

Nesse sentido, a Conferência Nacional referendou a decisão anterior do Comitê Central do partido, assim como das conferencias estaduais do PCO de apoiar incondicionalmente a candidatura de Lula nas eleições desse ano. Desse modo, o PCO se opõe a qualquer tentativa de “Plano B”, ou seja, abandonar a luta pela candidatura do ex-presidente em troca de outro nome, supostamente aceito pela direita golpista, o que seria uma completa capitulação à pressão da direita.

Os delegados presentes na 28ª Conferência Nacional do Partido da Causa Operária não tiveram dúvidas e, por unanimidade, aprovaram que nessas eleições o PCO a palavra de ordem do PCO é “Lula ou Nada”.