Neste sábado (24) a Caravana Lula pelo Brasil fez sua parada em Florianópolis, na qual o presidente discursou para milhares de trabalhadores.

O Partido da Causa Operária se fez presente ativamente na atividade, distribuindo milhares de cartazes, adesivos e panfletos da campanha contra a prisão do Lula.

Lula aravana Lula em Florianópolis 1
Lula discursa para multidão em Florianópolis

O clima tem esquentado no cenário político, e a temperatura pode ser observada pelo movimento da classe trabalhadora. No ato ficou evidente que a população não mais tolera as provocações dos “coxinhas” fascistas, que apareceram no ato para tentar intimidar o movimento crescente da luta contra o golpe representada pela caravana do Lula e foram expulsos pelos militantes de esquerda ali presentes. Em reforço a mudança da temperatura da luta política, Lula enfatizou em uma de suas falas, “quando nos derem um tapa na cara, não iremos virar o rosto iremos revidar”. A tendência de luta é cada vez mais crescente e não devemos recuar nenhum milímetro, mas avançar cada vez mais.

Sendo assim, é mais do que necessário intensificar a campanha contra a prisão de Lula, criar comitês de autodefesa e revidar à altura as provocações fascistas, com as ferramentas e os meios que forem necessários.

Send this to a friend