Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
lula-onu_2009-2
|

Da redação – A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou nesta segunda-feira (3) um pedido ao Comitê de Direitos Humanos da ONU (Organização das Nações Unidas) para garantir que o Estado brasileiro cumpra a liminar concedida pelo órgão em 17 de agosto, para que sejam mantidos os direitos políticos de Lula até o julgamento em última instância.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) decidiu na última sexta-feira (31), em um julgamento golpista,  marcado a toque de caixa e que não respeitou minimamente o devido processo legal, que Lula estaria inelegível segundo a chamada Lei da Ficha Limpa por conta de sua condenação fraudulenta e sem provas na chamada Operação Lava Jato.

Diante desta arbitrariedade o PT decidiu recorrer ao STF e a ONU para reverter a situação e mantém o ex-presidente como candidato.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas