Fraude da Lava a Jato
Lula denuncia mais uma faceta da operação imperialista da Lava a Jato, mostrando documento rejeitado por Moro que comprova propriedade da OAS no triplex.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Lula-7
Lula denuncia "novo emprego" de Moro e mostra documentos apresentados pela empresa, rejeitados. | Foto por: reprodução.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou o novo “emprego” do ex-ministro da Justiça e ex-juiz, Sérgio Moro, que agora vai ser sócio-diretor da empresa Alvarez & Marsal que presta serviços na área de recuperação judicial de diversas empresas perseguidas pela operação Lava a Jato, entre elas o Grupo Odebrecht, centro das acusações contra o ex-presidente.

Lula, destacou em seu twitter uma reportagem do jornalista golpista, Reinaldo Azevedo, no qual mostra documentos que provam que o famigerado “tríplex do Guarujá” era, na verdade, da construtora OAS. Prova apresentada pela mesma Alvarez & Marsal e sumariamente ignorada por Sérgio Moro, quando juiz da Lava a Jato.

Lula e sua defesa denunciam mais uma vez a farsa da operação Lava a Jato e escancara um de seus principais objetivos “tirá-lo das eleições de 2018” o que permitiu a vitória do fascista Jair Bolsonaro.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas