Menu da Rede

Infecções por Covid podem aumentar em 1.141% com volta às aulas

PIG ataca Pt e a esquerda

Lula denuncia que movimento “Estamos Juntos” é de direita

Os ataques a Lula e ao PT pela imprensa golpista visam evitar a polarização entre a população e os golpistas, para proteger Bolsonaro e seus pais

O ex-presidente Lula, alvo principal dos ataques – Foto: Reprodução

A imprensa capitalista e golpista deu ênfase nos últimos dias à ausência do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva e outros dirigentes importantes do Partido dos Trabalhadores, como a ex-presidenta Dilma Rousseff e a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, entre os signatários dos Manifestos, no último fim de semana, reunindo assinaturas de dirigentes de partidos da esquerda burguesa e pequeno burguesa (PSB, PDT, PCdoB e PSOL) e da direita golpista, ou do “centro” (PSDB, PV, Rede, Cidadania/PPS etc.), de artistas e “analistas” vinculados a esses setores e, destacadamente, ao PIG (Partido da Imprensa Golpista), como os vinculados à ultra golpista Rede Globo, como Luciano Huck, Demétrio Magnoli etc.

Essa imprensa realiza uma campanha aberta a favor desses manifestos, destacadamente, do manifesto amarelo do “Juntos”, que não tem uma única palavra a respeito do governo Bolsonaro, não defende sua saída, sendo um verdadeiro documento de defesa da continuidade, “sob controle”, do seu governo. Defendem também o documento por conta de que esse não se coloca a favor de nenhuma reivindicação dos trabalhadores diante da situação, uma vez que a maioria dos seus signatários são totalmente favoráveis à política antioperária de ataques à população explorada levadas adiante pelos governos golpista de Temer e Bolsonaro, que eles ajudar a chegar à presidência da república, por meio do golpe de 2016 e da fraude das eleições de 2018.

Cinicamente, a imprensa procura aparentar surpresa sobre a ausência das assinaturas de Lula e demais dirigentes petistas, quando sabe que a frente ampla, construída em torno desses Manifestos, representa a tentativa de construir uma ampla bloco político de “oposição” ao governo Bolsonaro que exclua Lula, o PT e toda a esquerda que não se coloque 100% de acordo com a politica de “virar a página do golpe”, deixar Bolsonaro e abandonar qualquer possibilidade de luta pelas reivindicações da população pobre e trabalhadora.

Acertadamente, Lula e outros petistas, rejeitaram assinar o Manifesto (que contou com assinatura do ex-prefeito Fernando Haddad, designado por Lula – tempos atras – como “o mais tucano dos petistas”), afirmando entre outras coisas que “FHC e Temer não são democratas ao recusar se sentar com eles para debates”, que “não considera mais que os dois, que apoiaram o impeachment de Dilma Rousseff, são democratas”.

Segundo destacou o pasquim tucano Folha de S. Paulo, “Fernando Henrique foi ativo nas articulações pelo impeachment, apoiou pautas anti-sociais de Temer e nunca se contrapôs à máquina de fake news bolsonaristas ou ao que definem como perseguições judiciais a Lula”.

O ex-presidente denunciou também o fato de que o Manifesto não levantava qualquer reivindicação em defesa dos trabalhadores. Junto com Dilma e Gleisi, ele defendeu na reunião do Diretório Nacional do PT, nesse começo de semana, que o partido se posicionasse pelo Fora Bolsonaro e apoiasse as manifestações que começam a se espalhar pelo País.

Os ataques a Lula e ao PT pela imprensa golpista, mais uma vez visa atacar a mobilização que se levantar, defender a reacionária frente ampla evitar a polarização entre a população e os golpistas, para proteger Bolsonaro e seus pais.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores
O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.