Fora Bolsonaro fascista
Para o ex-presidente, não é militarizando o Estado que vamos melhorar o Brasil. Porém, Bolsonaro não tem interesse em melhorar nada, e sim, implementar a ditadura
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
19jun2020 - -o-ex-presidente-luiz-inacio-lula-da-silva-durante-transmissao-nas-redes-sociais-1592569712430_v2_450x337
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva durante transmissão nas redes sociais | Foto: Reprodução/YouTube

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou o presidente fascista Jair Bolsonaro (sem partido) por colocar mais um militar para integrar o governo federal, agora na educação.

Nesta quinta-feira (25), o golpista  chamou o militar da reserva da Marinha e especialista em finanças, Carlos Alberto Decotelli, para ser o novo ministro da Educação, mesmo sem experiência nenhuma na área

Os golpistas não estão interessados em melhorar nada, mas sim, controlar para destruir, para privatizar aos capitalistas internacionais da educação, seguindo as ordens dos economistas da Escola de Chicago (Milton Friedman, falecido, e Paulo Guedes, infelizmente ainda vivo e atuante na prática da “Doutrina do Choque”).

Para Lula, Bolsonaro está transformando “o governo em um quartel”.

“O Bolsonaro está transformando o governo em um quartel. Hoje entrou mais um. Não é militarizando o Estado brasileiro que ele vai melhorar o Brasil.”, disse no Twitter.

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas