Lula chama mobilização nacional no próximo domingo

photo_2018-05-22_10-54-31

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, encarcerado pelos golpistas em Curitiba, convocou a militância a realizar atos em todo o país no próximo domingo (27), por sua liberdade. A data marcará o lançamento de sua pré-candidatura à presidência da república. O chamado foi transmitido pelo deputado federal Wadih Damous (PT-RJ), que visitou Lula em na sede da Polícia Federal, em Curitiba, na segunda (21).

Segundo Damous, o ex-presidente está “indignado com essa perseguição que se abate contra ele, todos os dias, por parte do Judiciário”. Afinal, a mesma justiça que fora célere em condená-lo protela indefinidamente o julgamento de seus recursos.

Mais importante que a fé na instância jurídica, porém, completamente comprometida com o golpe, é a mobilização popular. Lula ressaltou, conforme o relato de Damous:

vai ser muito importante que em cada cidade brasileira onde o PT está organizado se faça o lançamento da sua pré-candidatura [no domingo]. Pouco importa se em cada ato tenha 10 pessoas, tenha 5 pessoas, tenha 500 pessoas. O importante é o somatório em todo o Brasil de cada um desses atos, para deixar claro que o presidente Lula é o nosso candidato a presidente da República.

Mais além do PT, é preciso que todos os comitês de luta contra o golpe do país, unindo militantes de todos os movimentos de esquerda, se articulem nessa mobilização nacional. A luta pela liberdade de Lula e a pressão popular pelo seu direito de concorrer nas eleições é a única maneira de forçar a legitimidade do pleito conduzido pelos golpistas.