Bielorrússia
Presidente convoca voluntários a defender o país contra ameaça de invasão por potências imperialistas no país.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Aleksandr Lukashenko - Bielorussia
Aleksandr Lukashenko, presidente da Bielorússia. | Foto por: reprodução.

O presidente da Bielorússia, Aleksandr Lukashenko, declarou em pronunciamento nesta quinta (29), durante a posse de novas autoridades locais, que está ampliando e criando novas milícias populares voluntárias para atuarem na segurança interna do país. Afirmou que utilizará ex-militares, veteranos de guerra, policiais, principalmente, mas qualquer que tenha o interesse de defender as ruas do seu bairro da ameaça de desestabilização imperialista.

O presidente, afirmou ainda que a proposta ganhou força nas últimas semanas, por conta das ameaças imperialistas que impulsionam manifestações contra o governo, o que gerou uma reação da população a qual pede para que o presidente lance mão das milícias de voluntários.

Para Luckashenko a proposta não é novidade e já havia sido citada por ele em 2018, o qual afirmou que em caso de intervenções imperialistas no país, não hesitaria em armar a população para defender o país.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas