Não ao golpe imperialista
Campanha contra Lukashensko é a velha campanha da direita golpista, baseada no “combate à corrupção” e contra a favor da “liberdade”
lukashensko
Alexander Lukashenko | Foto: Dmitri Lovetsky/AP Photo
lukashensko
Alexander Lukashenko | Foto: Dmitri Lovetsky/AP Photo

Neste domingo (16), o presidente de Belarus, Alexander Lukashenko, anunciou que não irá, sob hipótese alguma, convocar novas eleições. O presidente tem sido vítima de uma intensa campanha do imperialismo contra o seu governo. Lukashensko foi reeleito recentemente, com amplo apoio popular, mas a oposição golpista e pró-imperialista contestou o resultado e tem organizado várias manifestações.

Relacionadas
Send this to a friend