Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Manaus - Juiz titular da Vara de Execuções Penais do Amazonas, Luis Carlos Valois disse que o Estado tem de passar a cumprir a lei sobre as condições de um presídio. (Marcelo Camargo/Agência Brasil)
|

Da redação – O juiz de direito Luis Carlos Valois, famoso por suas posturas progressistas e democráticas, denunciou em uma postagem no Facebook que recebeu ofensas por ter defendido a Marcha da Maconha, ocorrida no último sábado.

Os ataques foram feitos, conforme investigação preliminar de seu advogado, por ao menos três pessoas, todas policiais. “A primeira respondeu a processo de racismo, outra responde a processo de tortura, e outra processo de abuso de autoridade e prevaricação, e não sei porque eu não fiquei surpreso”, publicou.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas