“Livre” Comércio: EUA ameaçam sanções para quem comprar petróleo iraniano

irann

Na terça-feira (26), os Estados Unidos ameaçaram que iriam impor sanções àqueles que importassem petróleo do Irã. Faz parte de uma política ofensiva que o imperialismo vem tomando cada vez mais: a imposição de sanções contra países pequenos que resistem à sua política destrutiva, como fazem com Cuba, Coréia do Norte, Venezuela e mais outros países que não são favoráveis a eles.

Recentemente os Estados Unidos saíram do acordo nuclear com o Irã, demonstrando que não estão dispostos a aceitar nenhum tipo de desenvolvimento nuclear do Irã, nem mesmo restringido pelo acordo. Logo eles, que mais têm armas de destruição massiva no planeta, e foi o único que matou uma população humana inteira de determinadas cidades desta forma, durante a Segunda Guerra mundial contra o Japão (Hiroshima e Nagazaki).

Os norte-americanos não irão participar das discussões de Viena, onde irá ocorrer a reunião entre os países que estão no acordo. Mas Trump já disse que iria discutir por fora com os líderes europeus medidas para restringir totalmente o programa nuclear iraniano. Isso revela o quanto o livre mercado não passa de um conto de fadas para liberais iludidos. O mundo é controlado por umas dezenas de empresas que usam seus poderosos estados para sancionarem e impedirem o desenvolvimento econômico e da soberania do país.