Lindbergh na mira dos golpistas: mais um empresário da OAS inventa histórias contra o PT

lindbergh

Da redação – Nessa semana, o ex-presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Rui Falcão, declarou que, caso Lula fosse impedido de disputar as eleições deste ano, seu partido deveria lançar outro candidato. No entanto, as coisas não são tão simples assim: o Brasil vive um golpe de Estado e a direita está disposta a qualquer coisa para eliminar o PT do Regime Político.

Lula não foi preso por ser “corrupto”. Mesmo após cem dias de sua prisão, nem o Ministério Público, nem a Polícia Federal conseguiu apresentar qualquer prova de que o ex-presidente tenha cometido algum delito. Sua condenação foi absurda: doze anos de cadeia por um crime fabricado através da fala de delatores e cuja única “prova” seria um triplex que Lula nunca teve.

O motivo da prisão de Lula é o mesmo motivo da campanha hipócrita da direita coxinha contra o governo Dilma Rousseff: o interesse do imperialismo em esmagar os trabalhadores com a mínima resistência possível. Para aplicar o duríssimo pacote de atrocidades que planeja, o imperialismo precisa, antes de tudo, liquidar seus principais opositores e todos os seus opositores em potencial. Foi assim com Dilma, foi assim com Lula e será assim com tantos outros.

O senador Lindbergh Farias, que é um dos poucos elementos de esquerda no Congresso Nacional e que defende abertamente a liberdade e a candidatura de Lula, é um dos que está na mira dos golpistas. A procuradora-geral Raquel Dodge, que é um capacho do governo golpista, afirmou ter “indícios” de que Lindbergh teria recebido R$ 700 mil em caixa dois. Os indícios, contudo, não passam de uma mensagem enviada pelo empresário Léo Pinheiro ao senador marcando uma conversa.

A direita não está aguardando provas para condenar as principais lideranças do Partido dos Trabalhadores e da esquerda que luta contra o golpe. O Judiciário, apesar de suas contradições internas, é facilmente corrompido pelo imperialismo e está sempre a postos para contribuir ainda mais com a perseguição aos opositores de seu patrão. Por isso, é necessário denunciar a tentativa fraudulenta da direita golpista de incriminar o senador petista e intensificar a luta contra o golpe, exigindo a anulação do impeachment e a liberdade de Lula.