Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit

O blog de Paulo Henrique Amorim, Conversa Afiada, extraiu do jornal alemão Internationale Politik und Gesellschaft a análise do líder do PSD, Niels Annn, sobre a perseguição política ao ex-presidente metalúrgico Luiz Inácio Lula da Silva.

Para o social-democrata, o veredicto da segunda instância do judiciário, que aumentou a pena do líder operário para 12 anos, é “motivado politicamente”. “No caso da condenação de Lula, que agora foi endurecida na segunda instância, há uma forte evidência de que ela [a condenação] não é o resultado de um processo justo que obedeça à lei”, disse Annen, que ainda falou que ela precisaria “ser baseada em evidências válidas”.

O social-democrata ressaltou a polarização política do país e denunciou que o veredicto da justiça está baseado na tentativa de conter a “popularidade de Lula e do Partido dos Trabalhadores”.

O pronunciamento de um representante da ala esquerda do imperialismo alemão demonstra a importância internacional da perseguição política a Lula. Mais uma vez, assim como na época do impeachment, o Brasil volta a ser primordial na questão política mundial. A perseguição política ao principal representante da classe operária e de todo um setor amplo da população é o aprofundamento do golpe e tomou a dianteira da luta política no Brasil. A luta contra a prisão de Lula é essencial para derrotar os golpistas e toda a política de ataques ao povo por eles promovidas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas