Milícia fascita 300 do Brasil
Sara Winter, uma das líderes da milicia fascista 300 do Brasil, admitiu que o grupo defensor de um golpe fascista no país possui armas
2020.05.08 Acampamento dos 300 coxinhas pró Bolsonaro
Acampamento 300 do Brasil |

Da redação – A milícia fascista 300 do Brasil, que tem treinado pessoas para um golpe fascista no país, tem armas. Uma das líderes do movimento, Sara Winter, admitiu que o grupo possui armas mas que somente as usa para defesa pessoal, caça ou para coleção, o que claramente não é verdade, vendo o caráter do movimento e suas reinvidicações.

O grupo deseja treinar pessoas para um golpe de estado e a implantação de uma ditadura fascista no Brasil. Um dos lemas da milícia é “Vamos ucranizar o Brasil”, em referência ao golpe fascista ocorrido na Ucrânia em 2014.

Declarações desse tipo servem para deixar claro que a direita está armada no Brasil e não pensa duas vezes antes de utilizar suas armas. A política de desarmamento do povo serve somente para que a classe trabalhadora e as pessoas mais pobres não tenham acesso às armas e fiquem nas mãos da polícia e de grupos paramilitares fascistas como o descrito.

Relacionadas