PM moro

O ilegítimo e golpista presidente Jair Bolsonaro assinou nessa terça-feira (19) três projetos criminosos para aprofundar a repressão aos trabalhadores, as mudanças na legislação que integram o pacote anticrime e anticorrupção. Dentre todos os ataques nela contido, pode ser destacado o fato que a assassina Polícia Militar terá como direito matar a população alegando “forte emoção” e assim sair sem nenhuma investigação.

Elaborado pelo atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, um dos principais responsáveis pela prisão ilegal e inconstitucional de Lula, o qual prendeu sem provas e em 2º instância antes do trânsito em julgado e como forma de pagamento recebeu da burguesia um ministério no governo golpista, onde foi colocado para reforçar a repressão do Estado burguês contra os trabalhadores e suas organizações, tendo em vista as politicas impopulares que o governo precisa aprovar.

Para entrar em vigor, o conjunto de medidas precisará da aprovação de deputados e senadores, que poderão alterar os textos elaborados pelo governo.