Siga o DCO nas redes sociais

Liberdade para Lula: STF julga pedido de defesa para considerar Sérgio Moro suspeito e anular condenação de ex-presidente
fachin-3
Liberdade para Lula: STF julga pedido de defesa para considerar Sérgio Moro suspeito e anular condenação de ex-presidente
fachin-3

Da redação – Por volta das 10:00 desta terça-feira (11), o Supremo Tribunal Federal começou a julgar o pedido da defesa do ex-presidente Lula para que Sérgio Moro seja considerado suspeito.

A base da defesa se encontra na denúncia feita pelo jornal The Intercept que divulgou informações internas do funcionamento da relação entre os procuradores da Lava Jato e o juiz Sérgio Moro, que atuaram em conjunto, de forma totalmente ilegal, para condenar Lula.

Estão participando da sessão os ministros Edson Fachin, Carmen Lúcia, Ricardo Lewandovsky, Gilmar Mendes e Celso de Mello.

Carmen Lúcia e Edson Fachin já votaram contra o Habeas Corpus do ex-presidente. Porém se Mendes, Lewandowsky e Celso de Mello seguirem a tendência anterior, é possível que os três votem favorável a Lula.

Porém, não se pode semear ilusões, todos os ministros-juízes da burguesia são alinhados com os golpistas. E mesmo com a crise, a libertação de Lula geraria uma desestabilização geral do regime golpista.