Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
saque_de_contas_inativas_do_fgts
|

O governo golpista de Jair Bolsonaro anunciou a liberação dos valores de contas de FGTS aos trabalhadores, dando continuidade a política do não menos golpista Michel Temer. A política adotada no governo anterior do regime golpista e que será colocada em pratica agora, não resultou em qualquer reversão da crise econômica do país e tampouco melhorou a situação dos trabalhadores. Apenas serviu e continuará a servir para manter zerados fundos que poderiam ser utilizados para financiar infraestrutura, saneamento básico e moradia. Além de trazer prejuízos a saúde dos empregados da Caixa Econômica Federal e risco a integridade física.

A liberação das contas de FGTS que começaram com as inativas no governo Temer e que agora se estenderá as ativas no governo Bolsonaro não passa de demagogia barata que não implicou em nenhuma melhora na economia nacional e nem deverá desta vez. Os trabalhadores num ato de desespero para comprar comida, pagar suas contas de água e luz correram as agências aumentando, de maneira absurda, a demanda de atendimento que continuam sempre lotadas como reflexo e deverão voltar aumentar ainda mais.

As consequências desta política são muitas, a liquidação destes fundos implicará em buscar recursos em fundos privados e internacionais para financiar infraestruturas púbicas, saneamento básico, moradia entre outras coisas importantes à população. Além disso, a Caixa que era o banco em que a maioria dos clientes buscavam para fazer poupança, financiamento habitacional, empréstimos e aplicações está sendo abandonada e isso não é um acaso, existe um plano de destruição do lucro do maior banco público que até agora não parou aumentar, mas com a redução destas operações deverá despencar vertiginosamente em algum momento.

Os empregadores estão desmotivados, estressados, cansados e muitos estão se afastando por diversos problemas de saúde devido a demanda que aumentou demasiadamente. As agências estão sempre lotadas. Os empregados sofrem com os problemas de horário de almoço já que possuem horários rígidos. Não há qualquer indício de contratação de mais empregados e ainda uma grande demanda aderiu ao Plano de Demissão Voluntária, o que deverá aumentar ainda mais o sofrimentos dos empregados que também terão que trabalhar aos finais de semana. A precarização do funcionamento e os sistemas que implicam em demora estão gerando estresse para os funcionários, mas também clientes. Há casos de tentativas de não deixar empregados saírem pra almoço e até agressões físicas.

A preservação dos fundos que financiam obras tão importantes, a redução do desemprego e da miséria, a manutenção deste grande patrimônio que é a Caixa Econômica Federal e melhora das condições de trabalho destes bancários dependem diretamente da derrota deste governo, que é produto de uma grande fraude eleitoral, onde quem ganharia as eleições foi preso ilegalmente.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas