Menu da Rede

Pandemia

Lewandowski defende repressão contra quem não se vacinar

Ministro do STF defende "medidas indiretas" que seriam para "obrigar" a população, mas não "forçar".

Tempo de Leitura: < 1

Lewandoswki – Foto: reporter-am.com.br

Publicidade

O ministro Ricardo Lewandowski, do STF, votou nesta quarta-feira (16) a favor de “medidas restritivas” para que a população seja obrigada a se vacinar. O ministro entende que vacinação “obrigatória” não significa vacinação “forçada” da população. Ele é o relator de duas Ações Diretas de Inconstitucionalidade que podem decidir se governantes poderão decidir sobre a vacinação compulsória da população.

Entre as medidas restritivas defendidas por Lewandowski estão a “restrição ao exercício de certas atividades ou à frequência de determinados lugares, desde que previstas em lei, ou dela recorrentes”, o ministro também citou que tal medida deve ser implementada com respeito “à dignidade humana e aos direitos fundamentais das pessoas”.

A votação continua na próxima quinta-feira e a previsão é de que termine antes início do recesso do judiciário em 20 de dezembro.

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Populares na Rede
[wpp range="last24h" limit="3"]
NA COTV

70 ANOS DA REVOLUÇÃO CHINESA - COM RUI COSTA PIMENTA (CURSO COMPLETO)

434 Visualizações 8 horas Atrás

Watch Now

Send this to a friend