Crise na direita
Lei sobre fake news vira motivo de briga entre extrema-direita
Os deputados federais bolsonaristas, Kim Kataguiri (DEM-SP) e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), brigaram no twitter após derrubada de veto sobre fake news na Câmara dos Deputados.
Deputado-Eduardo-Bolsonaro-Foto-Alex-Ferreira-Agência-Câmara
Crise na direita
Lei sobre fake news vira motivo de briga entre extrema-direita
Os deputados federais bolsonaristas, Kim Kataguiri (DEM-SP) e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), brigaram no twitter após derrubada de veto sobre fake news na Câmara dos Deputados.
Eduardo Bolsonaro. Foto: ALEX FERREIRA/AGÊNCIA CÂMARA
Deputado-Eduardo-Bolsonaro-Foto-Alex-Ferreira-Agência-Câmara
Eduardo Bolsonaro. Foto: ALEX FERREIRA/AGÊNCIA CÂMARA

Da redação – A derrubada do veto do presidente golpista Jair Bolsonaro sobre a lei de Fake News pela Câmara dos Deputados, nessa quarta-feira (28), acarretou em uma briga na base bolsonarista, que se esfacela pouco à pouco.

Os deputados federais, Kim Kataguiri (DEM-SP) e Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), entraram em conflito em suas redes sociais no twitter.

Eduardo Bolsonaro, insatisfeito com a derrubada do veto, atacou o deputado Kim Kataguiri: “Parabéns dep. Kim Kataguiri @kimpkat (DEM-SP) por ter viabilizado esse instrumento que vai calar exatamente aqueles que não divulgam fake news. A esquerda comemorou no plenário, será por quê?”, ironizou Bolsonaro.

Kim Kataguiri respondeu: “Comemorou porque qualquer veto derrubado ela comemora. E você reclama porque não leu o projeto, aliás, nem estava no plenário durante a discussão, como nunca está. Se era contra, por que nao participou do debate? Por que não foi virar votos a favor do veto? Férias pré-embaixada?”

E ainda publicou diversas postagens contra Eduardo Bolsonaro.

A crise em torno da lei das fake news revela uma profunda crise na base bolsonarista. Agora, o MBL, que ajudou a eleger Bolsonaro, está se colocando contra determinadas medidas do governo fascista.