Lava Jato: uma máfia a serviço dos interesses imperialistas

alcapone

A Operação Lava Jato, “a grande empreitada para acabar com a corrupção no Brasil” foi instaurada no Brasil para ser apresentada como solução de todos os males da política, para salvar o país, para ajudar o povo, para limpar a imoralidade da política, blá, blá, blá. 

Os promotores que adoram lucrar lutando contra a corrupção

Um discurso demagogo feito para enganar os mais incautos e ingênuos. Mas a função da operação comandada por Sérgio Moro é tudo menos uma cruzada contra a corrupção, é uma operação corrupta. 

A operação comandada por Sérgio Moro, ex-juiz, promovido a Ministro da Justiça, utilizou de todos os meios ilegais para atingir seus objetivos. Promover a destruição da indústria nacional, com destaque, a venda de uma das maiores riquezas do Brasil, o petróleo brasileiro e a camada pré-sal. Como parte do plano era importante garantir que nenhum obstáculo impedisse o andamento da atividade golpista. Para isso a anulação do governo do PT, o golpe contra Dilma Rousseff e a prisão de Lula e por conseguinte a perseguição em nível nacional a sindicatos, organizações populares, sem terra, movimentos estudantis e a qualquer sinal de oposição à política de total submissão ao imperialismo.

O juiz que comanda a operação ganha prêmio de mérito da Rede Globo

Para colocar em prática uma operação deste porte era necessário todo uma série de órgãos, públicos ou não para agir em conjunto para atingir os objetivos. Além da Polícia Federal, o poder judiciário, por meio da República de Curitiba, comandada por Moro, o TRF-4, a segunda instância, o Ministério Público Federal, a Procuradoria Geral da República e o STF (Superior Tribunal Federal) precisaram atuar de maneira coordenada e alinhada para permitir o uso irrestrito de todo o tipo de irregularidade legal, anticonstitucional. Para completar o quadro foi de extrema importância a colaboração integral das famílias que dominam o monopólio da comunicação para bombardear diariamente, hora por hora, minuto por minuto, nos noticiários televisivos, nos jornais impressos e digitais com mentiras e manipulações de todo o tipo. Menção honrosa para a Rede Globo que liderou as demais redes de televisão na campanha em defesa do golpe de Estado.

A reunião de todos estes elementos, organizados, trabalhando em conjunto, infringindo leis a todo custo pode ser exemplificado de uma forma: máfia.

Com Supremo e com tudo

Para ficar mais claro aqui vai uma definição de máfia: é uma organização criminosa cujas atividades estão submetidas a uma direção de membros que sempre ocorre de forma oculta e que repousa numa estratégia de infiltração da sociedade civil e das instituições. Com ramificações em diversos países, caracterizada por se reger por leis rígidas e secretas, pela estrutura hierarquizada e pelo recurso a métodos violentos. Grupo de pessoas que faz valer os seus interesses de forma pouco clara, através de pressões, tráfico de influências, etc.

Sem mais.