Lava Jato golpista pede nova condenação de Lula, a três dias das eleições

lula

Da redação – A operação golpista Lava Jato, usada para alimentar a campanha golpista que derrubou o PT e perseguir os dirigentes petistas, mais uma vez mostra a que veio. A três dias das eleições, os procuradores pediram uma nova condenação para Lula, preso político há 180 dias em Curitiba. Lula liderava todas as pesquisas eleitorais até ser impedido de participar das eleições. O Ministério Público Federal também quer que Lula pague R$75 milhões, valor que a Odebrecht supostamente teria pago em propinas.

Além de todas as arbitrariedades que Lula já sofreu durante o processo que levou à sua condenação, esses novos pedidos de condenação demonstram que a perseguição vai continuar, mesmo com o ex-presidente preso. Neste momento, o ex-presidente está chamando votos em Fernando Haddad, candidato à presidência nas eleições. A Lava Jato age politicamente para tentar interferir nas eleições, atacando Lula no meio do processo eleitoral. A Lava Jato demonstra estar em campanha eleitoral com a escolha dessa data. Lula não pode se candidatar, e a justiça decidiu que ele não poderá sequer votar nas eleições.