Lava-Jato: Gleisi Hoffman na mira dos golpistas

gleisi

Da redação – A perseguição dos golpistas contra o Partido dos Trabalhadores (PT) segue agora contra a atual presidenta petista, a senadora Gleisi Hoffmann.  Após a prisão política do ex-presidente Lula, os golpistas se sentem à vontade em continuar com a perseguição aos trabalhadores, e, desta forma, a senadora e seu seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo, acusados de suposto envolvimento em esquemas ilegais na Petrobras, terão que comparecer ao julgamento marcado para próxima ter-feira, 19.

Rodada Internacional de Palestras com Rui Costa Pimenta

As delações premiadas, em forma de tortura, trouxeram mais afirmações falsas e sem provas à tona pelo juiz Sérgio Moro, o Mussolini de Maringá. O torturado da vez pelo juiz – agente da CIA -, acusou os petistas  de terem usado R$ 1 milhão desviados da estatal na campanha de Gleisi ao senado em 2010. O valor teria sido oriundo de empresas parceiras da Petrobrás, recebido de forma ilegal pelo ex-diretor Paulo Roberto Costa, que também foi torturado para delatar ao juizeco capacho dos EUA.