Hoje vai ao ar uma edição mais do que especial do programa Uzwela conversa sobre cultura. Com a apresentação de Renato Dias e Henrique Áreas, será lançado o comitê de artistas contra o golpe com um debate com o chargista Jota Camelo, o colunista do DCO diário causa operária William Dunne, Pedro Martins representante da FNCC Frente nacional contra a cultura, e Malu Aires cantora e militante do comitê de Luta contra o golpe em Belo Horizonte.Lançamento do comitê de artistas contra o golpe

Jota Camelo e William Dunne são bem conhecidos por todos os que acompanham o Diário da Causa Operária. O primeiro é um dos chargistas mais criativos sagazes da imprensa de uma forma geral, o segundo, é um dos colunistas mais influentes e populares do DCO com uma visão certeira e perspicaz sobre política em no Brasil e em São Paulo. Pedro Martins vem para representar a Frente Nacional Contra a Censura, criada para dar uma resposta ao avanço da direita contra diversas expressões de arte em São Paulo em 2017. E por fim Malu Aires, que é a interprete do tema de abertura da novela “O Clone” em 2001, que até hoje registra uma das maiores médias de audiências da história das novelas da Rede Globo, e considerada também uma das melhores de todos os tempos.

Charge por Jota Camelo 1

O Lançamento do comitê visa aglutinar e organizar a classe artística que se posiciona e luta  contra o golpe de estado que derrubou Dilma Rousseff em 2016, e que só serviu para levar adiante os planos de liquidação total da economia e implantar a política de terraarrasada noBrasil para salvar um sistema capitalista que há tempos agoniza. Após o debate, um pocket Show com Malu Aires seguido de um Coquetel de confraternização.Lançamento do comitê de artistas contra o golpe 1

A direita golpista odeia a arte e a cultura porque sabe que a arte esclarece, engaja e agrupa individuos em torno de uma causa. Por isso a importância do comitê de luta contra o golpe. Seja um dos já mais de 14 mil inscritos no canal da Causa Operária TV no Youtube e fortaleça a luta por uma TV que fique 24 horas no ar e faça frente ao monopólio da imprensa capitalista, imperialista e golpista do Brasil. E contribua também com as nossas caravanas que estão indo para Porto Alegre no dia 24/01/2018 no ato contra a condenação de Lula no TRF4.

Contribua com a campanha das caravanas para ocupar Porto Alegre no dia 24 de janeiro contra a condenação de Lula