Menu da Rede

Assassinato de Soleimani

Khameneí: “Irã dará um golpe recíproco nos EUA”

"A República Islâmica do Irã nunca esquecerá o martírio de Qassem Soleimani e definitivamente causará um golpe recíproco aos EUA"

Tempo de Leitura: < 1

Ali Khameneí durante uma reunião com Mustafa Al-Kadhimi, Teherán (Irã), em 21 de julho de 2020. – Foto: Reuters

Publicidade
O líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, declarou nesta terça-feira (21) durante uma reunião com o primeiro-ministro do Iraque, Mustafa Al-Kadhimi, em sua conta oficial no Twitter, que seu país nunca esquecerá o "martírio" do general Qassem Soleimani e que "definitivamente dará um golpe recíproco nos Estados Unidos".

"A República Islâmica do Irã nunca esquecerá o martírio de Qassem Soleimani e definitivamente causará um golpe recíproco aos EUA", disse Khameneí.
"O crime dos Estados Unidos ao assassinar Soleimani e Abu Mahdi al-Muhandis [comandante militar iraquiano] é um exemplo da presença dos EUA", acrescentou. "Matar um hóspede em sua casa e confessar descaradamente não é um assunto trivial", disse o líder do país persa sobre as ações de Washington no Iraque.

O líder supremo iraniano enfatizou ainda que o país nunca teve nem pretenderá se intrometer nos assuntos do Iraque, enfatizando que zela por sua integridade territorial e sua unidade interna. "O Irã certamente é contra qualquer coisa que enfraquece o Iraque", disse ele.

"Ele é o inimigo"

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Send this to a friend