E para os trabalhadores?
Por decisão da Justiça, estão suspensos, desde quinta-feira, 8, “todos os protestos e negativações ” das empresas associadas ao Sindconfecções do Ceará.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
justiça
Justiça "meio cega". Foto: internet |

Da Redação– Por decisão da Justiça, estão suspensos, desde quinta-feira, 8, “todos os protestos de títulos e negativações” das empresas associadas ao Sindicato das Indústrias de Confecções do Ceará (Sindconfecções).

O presidente da entidade, Elano Guilherme,  alega que o setor industrial de confecções enfrentará, depois da pandemia do coronavírus, “muitas dificuldades com relação à obtenção de crédito”, razão pela qual ele considerou “muito importante a decisão do juiz Maurício Fernandes Gomes.

A justiça burguesa não perde tempo para salvar os capitalistas da crise.  Para os milhares de  trabalhadores desempregados e os que passam fome as cobranças não param de chegar.

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas