Justiça peruana determina 36 meses de prisão preventiva para o ex-presidente Pedro Pablo Kuczynski

ppk-kuczynski

Da redação – Nesta sexta-feira (19), o Poder Judiciário do Peru determinou prisão preventiva de 36 meses para o ex-presidente Pedro Pablo Kuczynski. O ex-presidente governou o Peru de 2016 e 2018, e renunciou depois de resistir a tentaivas de impeachment. Ele é investigado por corrupção em casos envolvendo a construtora brasileira Odebrecht como consequência da Lava Jato no Brasil.