Ofensiva da direita
Direita avança na perseguição contra Cristina Kirchner em meio ao agravamento da crise
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Argentina's President Cristina Fernandez de Kirchner gestures during a ceremony at the Casa Rosada Government Palace in Buenos Aires June 17, 2008. De Kirchner said on Tuesday she will send a bill to Congress aimed at ratifying a soy export tax that has set off a farmers' strike and a political crisis. REUTERS/Marcos Brindicci (ARGENTINA)
Cristina Kirchner | Imagem: reprodução

Nesta quarta-feira, a Câmara Federal de Cassação Penal da Argentina confirmou um processo contra a ex-presidente e atual vice-presidente da Argentina Cristina Kirchner por “corrupção”. A ofensiva da direita está se dando através da justiça e caminha para o agravamento do golpe da direita e até a possibilidade da derrubada da atual presidência e fechamento do regime.

A perseguição contra Kirchner segue a cartilha golpista da direita de “combate” a corrupção para derrubar e perseguir um governo nacionalista burguês que está se chocando contra os interesses do imperialismo. Há ainda a perseguição contra ex-integrantes do governo Kirchner.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas