Política
O juiz Marcelo Bretas permitiu que Michel Temer viajasse para o Líbano em viagem de “ajuda humanitária” ao país, devido à explosão em Beirut
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
temer bolsonaro
Temer e Bolsonaro | Foto: Reprodução

A Justiça Federal permitiu que Temer viaje para o Líbano para liderar missão de ajuda ao país, que sofreu uma grave explosão no porto da capital Beirut na semana passada. Temer foi convidado a liderar a missão de “ajuda humanitária”, entre os dias 12 e 15 de agosto, por Jair Bolsonaro.

Temer é réu em duas ações penais que se encontram na 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, cujo juiz responsável é Marcelo Bretas, e estava impedido de deixar o país.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas