Fraude
Pedido de cassação da candidatura de Lindbergh Faria ao cargo de vereador no município do Rio de Janeiro foi aceito pela 23ª Promotoria Eleitoral.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
IMAGEM_NOTICIA_0
Ex-senador e ex-prefeito de Nova Iguaçu Lindbergh Farias (PT-RJ) | Reprodução.

O Ministério Público Eleitoral (MPE) conseguiu o deferimento do pedido de cassação da candidatura do ex-senador Lindbergh Farias (PT-RJ) a vereador na cidade do Rio de Janeiro.

Lindbergh é acusado de propaganda eleitoral antecipada quando foi prefeito de Nova Iguaçu (RJ) e concorria à reeleição. A cassação de sua candidatura é uma manobra política da direita, que controla as instituições da Justiça Eleitoral, e procura impedir diversos setores da esquerda de participar do processo eleitoral.

A cassação da candidatura de Lindbergh comprova, uma vez mais, o caráter fraudulento das eleições municipais controlada pelos golpistas de 2016.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas