A perseguição continua
Vale lembrar que Lula já recebeu 35 títulos honoris causa, concedidos por universidades de diversos países. 
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
lula-por-ricardo-stuckert
Luiz Inácio Lula da Silva | Ricardo Stuckert

Em decisão tomada em 23 de julho e acrescentada ao processo na sexta-feira, 9, o Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL) anulou um título de doutor honoris causa concedido ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em agosto de 2017 pela Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL).

De acordo com o juiz Carlos Bruno de Oliveira Ramos, da 4ª Vara Cível de Arapiraca, a concessão do título “não é razoável” e não “atende à moralidade administrativa”, visto que esse tipo de honraria não deveria ser concedido a “alguém condenado” e que “ainda responde a outras ações” na Justiça.

A decisão do TJ-AL, no entanto, atende a ação movida pela advogada Maria Tavares Ferro, hoje candidata a vereadora pelo PSDB em Maceió. Essa não é a primeira vez que a advogada busca um lugar na política alagoana. Em 2018, a advogada não obteve sucesso ao concorrer a deputada federal pelo partido Novo. Vale lembrar que Lula já recebeu 35 títulos honoris causa, concedidos por universidades de diversos países.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas