Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
jungmann
|

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, declarou ao público que o uso das Forças Armadas só será requisitado quando a capacidade dos policiais se esgotarem.

“A eventual utilização dar-se-a apenas em último caso, em que se esgote a capacidade das polícias estaduais e federais”, disse o ministro golpistas.

“Isso não aconteceu até o momento. Não estamos tendo choques (nas rodovias), mas bloqueios. Permanecemos à disposição. Há um gabinete de crise do governo federal. Espero que hoje se chegue a um acordo e se suspenda essa situação que nos preocupa muito”.

De acordo com Jugmann, houve solicitações para escoltar caminhões que transportam o querosene que abastece os aeroportos.

O Comando Militar do Sudeste já está fazendo o planejamento caso Brasília faça o requerimento para que o exército intervenha.

“Não temos tropas em prontidão, apenas alerta para acompanhamento da questão e planejamento. Não podemos agir sem ordem do comando do Exército”, diz o general comandante do Exército em São Paulo, Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira, que espera uma ordem do general Villas Boas.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas