Siga o DCO nas redes sociais

Juíza golpista determina despejo de acampamento do MST
40655676743_15c8c49029_b
40655676743_15c8c49029_b

Da redação – A juíza de primeira instância Bianca Vasconcelos determinou na tarde de ontem (12) o despejo do acampamento Marielle Vive, do MST, em Valinhos.

Essa decisão ataca os direitos das mil famílias que estão acampadas há mais de um ano na cidade paulista, que agora têm um prazo de 15 dias úteis para deixarem o local.

Os movimentos populares, principalmente os militantes e sem terra do MST, devem reagir à decisão arbitrária e defender o direito das famílias permanecerem no acampamento, organizando atos em defesa da reforma agrária.