Juíza carceira passa mais uma vez por cima da lei e proíbe acesso de comissão da Câmara a cela de Lula

carolina-lebbos-e-mesmo-uma-juiza-tecnica-e-rigida

A Juíza Carolina Moura Lebbos cometeu mais uma ilegalidade ao impedir dessa vez que uma comissão de direitos humanos da Câmara dos Deputados visitasse as instalações da prisão onde se encontra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ontem, a Comissão havia decidido visitar Lula independente da decisão da Juíza, que não tem poderes para intervir em uma decisão tomada pelo Congresso Nacional. Porém, reforçando o regime de exceção no País, a Juíza impediu a visita.

Em nota, o coordenador da Comissão Externa da Câmara dos Deputados, o deputado Paulo Pimenta (PT-RS) afirma que é uma “interferência indevida do Poder Judiciário sobre o Poder Legislativo”.

Filha de médico que forneceu atestado para que o ex-deputado e pecuarista José Janene, pivô do mensalão, pudesse faltar em audiência, Carolina já proibiu pelo menos 20 pessoas de visitar Lula, entre elas Dilma Rousseff e o prêmio nolbel da Paz, o argentino Adolfo Pérez Esquivel.