Lava Jato
Trata-se de uma manobra da direita para tirar Lula da PF e esvaziar a campanha pela liberdade de Lula, mantendo-o preso.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
juíza-Carolina-Lebbos
Juíza golpista Carolina Moura Lebbos, substituta da 12ª Vara Federal de Curitiba. Foto: Reprodução |

Da redação – A juíza golpista Carolina Moura Lebbos, substituta da 12ª Vara Federal de Curitiba, publicou nesta segunda-feira (30), um despacho no qual pede explicações sobre a conduta de Lula na Polícia Federal, onde ele está preso há mais de 500 dias, antes de avaliar o pedido de procuradores de direita para que o ex-presidente cumpra pena em regime semiaberto.

“Considerando o requerimento do Ministério Público Federal de evento 808, (i) junte-se cálculo atualizado de pena; (ii) solicite-se à Superintendência da Polícia Federal no Paraná o encaminhamento a este Juízo de certidão de conduta carcerária do preso; (iii) intime-se a Defesa para manifestação”, afirma o despacho.

A progressão para o semiaberto foi um pedido do Ministério Público à justiça na última sexta-feira (27). O procurador golpista Deltan Dallagnol foi à imprensa se declarar favorável à medida, o que revela um manobra da direita para tirar Lula da PF e esvaziar a campanha pela liberdade de Lula, mantendo-o preso.

Trata-se de uma manobra não só política com também defensiva, uma vez que os golpistas estão com medo da mobilização pela liberdade do ex-presidente, que é crescente. É preciso defender que Lula seja solto completamente, sem meias medidas. Exigir a anulação de todos os processos!

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas