Porto Seguro (BA)
Grileiros de terras e judiciários querem jogas as famílias Pataxó da Terra Indígena Ponta Grande para continuar a construção de condomínios de luxo e a especulação imobiliária
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
jaqueira05
Indígenas Pataxó na mira da especulação imobiliária | Imagem: reprodução

Os indígenas Pataxó que vivem na Terra Indígena Ponta Grande, fica localizada às margens da BR-367, na beira do Mar entre municípios de Santa Cruz Cabrália e Porto Seguro, no extremo sul da Bahia estão sofrendo mais uma vez ameaças de despejo. A ação por colocada pelo empresário e especulador de terras, Joaci Fonseca de Góes, empresário e ex-deputado federal em 2016 pela direita, e que coloca em risco toda a comunidade indígena.

Cinco aldeias correm o risco de serem jogadas na rua pela direita e pelo judiciário que se colocar ao lado da grilagem de terras e contra os direitos da população: aldeia Novos Guerreios, Mirapé, Nova Coroa e Mirapé.

A área indígena possui grande potencial turístico e por isso a especulação imobiliária, juntamente com o judiciário querem jogar os indígenas nas ruas em meio pandemia. Recentemente, o judiciário expediu reintegração de posse no Projeto Mangabeira e no Projeto Moradia para Todos, no bairro do Parque Ecológico, áreas comprovadamente devolutas e que pertencem ao Estado, onde a decisão do judiciário vai beneficiar apenas famílias poderosas de grileiros de terras e que vivem da especulação imobiliária.

Nesse momento os indígenas Pataxó estão na mira do judiciário golpista, e para impedir o despejo dos indígenas é necessária uma enorme mobilização para impedir o despejo. O governo Bolsonaro apoia essas medidas contra os indígenas e a direita está realizando as reintegrações de posse sem nenhum critério.

É preciso que as organizações de esquerda, sindicatos, aldeias, movimentos sociais desloquem seus recursos e pessoas para não deixar ocorrer a reintegração de posse.

Não aos despejos!

Por novas ocupações de terra contra a especulação imobiliária e a grilagem de terras!

 

Veja a denúncia do Cacique:

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas