Justiça Golpista
TRF-1 acata teses da defesa de Paulo Guedes e põe fim ao julgamento do desvio de 1 bilhão dos fundos de previdência de empresas públicas

Por: Redação do Diário Causa Operária

Nesta terça-feira (6), a Operação Greenfield que inestigava o ministro da destruição econômica, Paulo Guedes, foi trancada por decisão do Tribunal Regional Federal da 1a Região (TRF-1). Os juízes do TRF-1 acataram por unanimidade as teses da defesa do ministro golpista.

Paulo Guedes estava sendo julgado por saquear a quantia de 1 bilhão de reais dos fundos de pensão de empresas públicas (Petrobrás, Banco do Brasil, Correios e Caixa Econômica).

Entre 2009 e 2013, operações de aplicação em fundos de investimentos criados pela BR Educacional Gestora de Ativos, que é ligada ao ministro Paulo Guedes, foram utilizadas para desviar recursos dos fundos previdenciários Petros, Previ, Postalis e Funcef.

Os trabalhadores não podem ter qualquer ilusão com a justiça burguesa, pois ela sempre decidirá contra os seus interesses. Não devem se furtar a recorrer aos seus próprios métodos de luta desenvolvidos historicamente. Somente a mobilização dos trabalhadores é capaz de pôr fim ao parasitismo dos banqueiros e especuladores financeiros.

Send this to a friend