Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
JC_Dilma-Rousseff-posse-de-Edinho-Silva_1731032015-e1428666691603
|

O juiz Pablo Zuniga Dourado, do Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, sediado em Brasília, iniciou uma manobra política levada a cabo por meio de denúncias de “lavagem de dinheiro” e “corrupção” enviados à Justiça Eleitoral  com o objetivo de impedir o atual prefeito de Araraquara, Edinho Silva (PT), de concorrer à reeleição em 2020. Edinho é um político de esquerda, ex-ministro de Dilma Rousseff e um quadro histórico do PT, tendo sido eleito em 2016 e feito um governo democrático e participativo, lhe conferindo popularidade no munícipio e região.

O objetivo do juiz Zuniga é apresentar denúncias contra Edinho para impedir que este concorra à reeleição, inviabilizando sua candidatura, abrindo caminho para que um candidato da extrema-direita ganhe as eleições e assuma o controle do poder público municipal. Há aind uma coalizão de partidos da direita golpista (PSD, MDB, PRB, PSL, PSDB) articulada na cidade que tem por único objetivo derrotar Edinho e o PT.

O método de apresentação de denúncias forjadas e os objetivos golpistas de Zuniga chamam atenção pela similaridade dos métodos e manobras levados a cabo por Sérgio Moro contra o ex-presidente Lula. Moro conspirou para prender Lula e impedi-lo de participar das eleições de 2018. Por meio de uma condenação ilegal e fraudulenta, com provas forjadas por meio de delações fabricadas sob coação ou quando não compradas, articulada com a rede Globo, setores golpistas do Judiciário, o Ministério Público Federal, o Tribunal Superior Eleitoral, o STF, o Alto-Comando das Forças Armadas e a Procuradoria Geral da República, Moro abriu caminho para que a extrema-direita se apoderasse, por meio da fraude e da perseguição, do aparelho de Estado.

A direita fascista, organizada dentro do poder Judiciário e articulada em torno do Partido da Lava-Jato, tem plena consciência que não tem condições de disputar uma eleição contra Edinho Silva em Araraquara, devido à sua popularidade e seu estilo democrático de governar. Por isso, já iniciou as manobras políticas para retirá-lo do processo eleitoral.

 

 

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas