Menu da Rede

PCdoB põe estudantes a reboque dos maiores inimigos da educação

Ataque aos Trabalhadores

João Doria quer acabar com sede dos metroviários de São Paulo

João Doria, Governador de São Paulo, pretende vender a sede dos metroviários em São Paulo.

João Doria (PSDB), governador do Estado de São Paulo. – Foto: Reprodução.

Publicidade

João Dória (PSDB), atual governador do Estado de São Paulo, anunciou que irá vender, no leilão previsto pra acontecer no próximo dia 28 de maio, a sede do Sindicato dos Metroviários de São Paulo. Trata-se de mais uma atitude intimidatória de Dória, bem como da própria direção da Companhia do Metropolitano. A intenção é, agora, vender o terreno onde o prédio está localizado, no bairro do Tatuapé, sem dialogo algum com os trabalhadores a respeito desta que é uma concessão de mais de 30 anos.

“Isso é um ataque deliberado do governo Doria contra a organização sindical. Ele quer quebrar essa resistência, já que conseguimos conquistar diversos direitos, como o da vacinação para os trabalhadores do Metrô. Também pretende, com essa atitude, avançar na privatização e na concessão das linhas do Metrô e da CPTM”, afirmou Marcos Freire, diretor de base do sindicato. Segundo ele, também, os metroviários utilizam aquele espaço em regime de comodato com o governo desde a construção do prédio-sede, há mais de 30 anos.

Não obstante, segundo denúncia publicada pela Central Única dos Trabalhadores – CUT, o governador não abriu nenhum canal de diálogo com a categoria para tratar do assunto, de forma que tão somente os informou sobre o “despejo” através de uma carta à entidade, entregue no dia 26 do mês passado. Interessante frisar que, além de tudo, esta carta chegou um dia antes da campanha salarial dos metroviários. O prazo atual do contrato de licitação vence somente em outubro deste ano, segundo a CUT.

A atitude do sindicato, ainda segundo Freire, foi a de buscar articulações com deputados e movimentos sociais afim de barrar a venda do terreno por meio do governo, enquanto tentam também garantir a permanência da sede através das vias judiciais. O espaço, que se localiza na Rua do Japi, nº 31, é importantíssimo para os movimentos sociais, por já ter sido palco de diversos eventos e atos importantíssimos ao longo dos anos.

Doria, um dos maiores inimigos do povo trabalhador paulista, ao planejar e executar essa atitude, mostra mais uma vez a que veio. Entretanto, de outro lado, além da busca por apoio burocrático e jurídico, é necessário que a população trabalhadora se organize para que o tucano não obtenha êxito em sua empreitada criminosa. É necessário se mobilizar para defender a sede da categoria, desde já ocupando o espaço e evitando qualquer tentativa de invasão por parte do governo dos patrões.

A você que chegou até aqui,

agradecemos muito por depositar sua confiança no nosso jornalismo e aproveitamos para fazer um pequeno pedido.

O Diário Causa Operária atravessa um momento decisivo para o seu futuro. Vivemos tempos interessantes. Tempos de crise do capitalismo, de acirramento da luta de classes, de polarização política e social. Tempos de pandemia e de política genocida. Tempos de golpe de Estado e de rebelião popular. Tempos em que o fascismo levanta a cabeça e a esquerda revolucionária se desenvolve a olhos vistos. Não é exagero dizer que estamos na antessala de uma luta aberta entre a revolução e a contrarrevolução. 

A burguesia já pressentiu o perigo. As revoltas populares no Equador, na Bolívia e na Colômbia mostraram para onde o continente caminha. Além da repressão pura e simples, uma das armas fundamentais dos grandes capitalistas na luta contra os operários e o povo é a desinformação, a confusão, a falsificação e manipulação dos fatos, quando não a mentira nua e crua. Neste exato momento mesmo, a burguesia se esforça para confundir o panorama diante do início das mobilizações de rua contra Bolsonaro e todos os golpistas. Seus esforços se dirigem a apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe, substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular. O Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra a burguesia, sua política e suas manobras. 

Diferentemente de outros portais, mesmo os progressistas, você não verá anúncios pagos aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos de maneira intransigente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Trabalhamos dia e noite para que o DCO cresça, se desenvolva e seja lido pelas amplas massas da população. A independência em relação à burguesia é condição para o sucesso desta empreitada. Mas o apoio financeiro daqueles que entendem a necessidade de uma imprensa vermelha, revolucionária e operária, também o é.  

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com valores a partir R$ 20,00. Obrigado.

SitesPrincipais
24h a serviço dos trabalhadores

DCO

O jornal da classe operária
Sites Especiais
Blogues
Movimentos
Acabar com a escravidão de fato, não só em palavras
Cultura

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.