JBS/Friboi faz mais duas vítimas fatais em seus frigoríficos no mês de setembro

No Mato Grosso do Sul, porém, em municípios diferentes, o grupo JBS é protagonista de mais tragédias com vítimas fatais de mais dois funcionários em seus frigoríficos.

Em Nova Andradina, no dia 20 de setembro, Ivan Gomes de Lima, de 42 anos sofreu um acidente, onde uma porta caiu sobre ele. O funcionário foi socorrido em um hospital nas proximidades, no entanto, não resistiu aos ferimentos e veio a falecer no dia seguinte (21). O funcionário de Presidente Epitácio (SP) era casado e tinha três filhas.

No mesmo dia da morte do Ivan, na empresa da mesma JBS/Friboi, em Sidrolândia ocorre mais um acidente com vítima fatal, desta vez foi o manobrista Ademir José de Souza, vitimado pela queda de um contêiner sobre a cabine da carreta em que estava. O acidente aconteceu no pátio do frigorifico. Não houve tempo sequer de o motorista ser socorrido.

Os patrões gananciosos do grupo JBS/Friboi sempre têm uma desculpa pronta para as inúmeras tragédias anunciadas que ocorrem em seus frigoríficos e abatedouros e para a negligência que dizem respeito às péssimas condições de trabalho, qual seja: “A JBS lamenta o acidente ocorrido na última quinta-feira (20), em sua unidade de Nova Andradina (MS). A empresa prestou todo atendimento ao colaborador que, infelizmente, veio a óbito na sexta-feira (21). A JBS está solidária e prestando toda assistência à família. As causas do acidente estão sendo investigadas pela companhia”.

A outra nota, a do frigorifico, em Sidrolândia é praticamente igual, ou seja, uma desculpa para se eximir da culpa pelo ocorrido; é como não coubesse ao grupo a total responsabilidade dos diversos acidentes, que diários em suas diversas fábricas, e em vários estados e municípios do país.