Japão desperdiça oportunidade de eliminar mais uma seleção européia

APTOPIX Belgium Japan Soccer

A seleção japonesa de futebol esteve bem próxima de assegurar a ida às quartas de final da Copa do Mundo. Os japoneses enfrentaram uma das seleções consideradas mais fortes do velho continente, a Bélgica, que venceu todas as três partidas da fase classificatória.

Os nipônicos imprimiram um ritmo bastante veloz à partida, o que foi a principal característica da equipe neste mundial. Depois de um primeiro tempo movimentado, mas sem gols, os japoneses abriram o placar no início do primeiro tempo e ampliaram logo em seguida, fazendo 2 x 0.

A inexperiência, no entanto, foi fatal para os japoneses. Com a vantagem de dois gols no placar, o time não reforçou seu sistema defensivo e viu a Bélgica ir em busca da reação. Os belgas descontaram e logo depois chegaram ao empate. Quando tudo parecia estar indo para a prorrogação, foram dados quatro minutos de acréscimo. Daí, numa rápida jogada de contra-ataque os japoneses foram surpreendidos pelos belgas, que fizeram o terceiro gol faltando menos de trinta segundos para o apito final.

Tida como mais uma seleção de futebol moderno, ofensivo e eficiente, os belgas não mostraram muita coisa dentro de campo contra os japoneses. Ao contrário, por muito pouco não estariam, neste momento, fazendo as malas de volta para casa.

Com a passagem assegurada às quartas de final, a Bélgica será a seleção adversária do Brasil na sexta-feira, dia 6, às 15h. Nem vale entrar em detalhes aqui sobre a superioridade do futebol brasileiro que terá diante de si mais uma seleção do velho continente. Prá cima deles, Brasil