Jair Bolsonaro planeja acabar com Ministério da Educação

bolso

Todos sabemos que Jair Bolsonaro é daqueles políticos profissionais que causam ojeriza por onde passam, arrecadando o voto dos alienados coxinhas órfãos do PSDB. Todavia, o arsenal de bobagens e ataques ao povo brasileiro não para de ser descarregado.

A imprensa burguesa tem anunciado que uma das ideias de Bolsonaro é extinguir o Ministério da Educação, passando a total responsabilidade educacional para os estados e municípios. Imaginemos toda a estrutura das universidades federais e institutos de educação, os IFs, sendo extirpadas ou transferidas para outros órgãos. Seria uma completa desorganização que beira a insanidade, se não fosse sua ideologia.

Em que pese, à primeira vista, tratar-se de mais uma loucura de Bolsonaro, na realidade é a mais completa caracterização da política neoliberal. Bolsonaro, através dessa proposta, encarna o espírito da privatização da educação brasileira, ou seja, ao destruir os principais centros educacionais do país, ele abre espaço para a burguesia ganhar penetrar com as privatizações. O candidato, portanto, não é tão bobo assim, ele é um expoente da agressividade decaída da burguesia.