Virada na política interna
O governo italiano anunciou que pretende nacionalizar a companhia aérea da Alitalia, uma mudança de política devido a gravidade da crise
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
DMOZICWX0AYZu9f
Nacionalização passa a ser seguida em vários países. Imagem: Alitalia |

Da redação – Nesta terça-feira o governo italiano anunciou que tem como previsão a nacionalização da companhia aérea Alitalia, predominante no país e que acumula há anos uma série de dificuldades financeiras.

A medida é parte de uma série de outras que tem como intuito enfrentar a pandemia de coronavírus que fez o país entrar em estado de quarentena total e ser o epicentro da pandemia mundial.

De acordo com o conselho de ministros, é necessário “a constituição de uma nova empresa totalmente controlada pelo ministério da Economia e das Finanças”. Quanto a prazos ou medidas a serem tomadas o governo italiano ainda não as divulgou, no entanto sabe-se que há algumas semanas a Alitalia foi fruto de uma série de especulações entre empresas e fundos.

Agora, com a proposta de nacionalização da empresa, uma forma de total intervenção do estado para impedir que a mesma entre em falência e consiga a partir dai realizar algum combate a epidemia, mostra que a economia até mesmo dos países imperialistas está em completa derrocada.

Fica claro dessa forma que com o coronavírus, a situação de crise geral que já era devastadora só piorou, e muitos governos estão sendo obrigados a intervir diretamente nas empresas privadas para salva-las a todo custo. Neste caso, a nacionalização é a medida mais radical, com o Estado assumindo total controle da empresa, uma prova da total incapacidade dos capitalistas em contornar a crise.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Relacionadas