Fascismo
Governo fascista de Israel deixa prisioneiros palestinos de fora do programa de vacinação.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
primeiro-ministro-de-israel-benjamin-netanyahu-em-pronunciamento-sobre-coronavirus-1584050482011_v2_1920x1280
O primeiro ministro fascista de Israel, Benjamin Netanyahu. | Foto: Reprodução

A Comissão de Prisioneiros Palestinos divulgou nota na agência de notícias Wada denunciando a atitude do governo fascista de Israel de deixar de fora do programa de vacinação os 4 mil prisioneiros palestinos em Israel. Ao menos 191 prisioneiros palestinos foram infectados nas masmorras israelenses.

O governo israelense vacinou apenas os carcereiros, deixando que os presos a própria sorte. Isto é a prova definitiva e definitória que o governo de Israel é o que há de mais fascista na face da Terra. Não apenas incentiva crimes contra as minorias muçulmanas na região, mas também age de maneira não menos criminosa contra palestinos que estão sob sua responsabilidade.

Compartilhar no facebook
Compartilhe no seu Facebook!
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no reddit
Reddit
Compartilhar no facebook
Compartilhe
Compartilhar no twitter
Tuite este artigo!
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email
Compartilhar no reddit
Relacionadas