Israel descumpre cessar-fogo e volta a bombardear Gaza

gaza

O exército fascista israelense realizou neste domingo (15) novo ataque aéreo contra alvos do movimento islamita Hamas na Faixa de Gaza. Os bombardeios custaram a vida de dois adolescentes palestinos. O ataque ocorreu logo depois do Hamas fechar um acordo de cessar-fogo.

A desculpa dos sionistas é que os “terroristas” palestinos, mesmo após a trégua anunciada, continuaram a atacar o território israelita. A desculpa oficial foi que as tropas israelitas agiram apropriadamente e atiraram apenas contra manifestantes palestinos que representavam ameaça. O que Israel não evidencia é que os ataques palestinos se restringem a algumas pedras e bombas caseiras.

É preciso frisar aqui que a política empregada pelo Estado de Israel contra o povo palestino configura verdadeiros ataques e perseguições de tipo fascista. Não obstante isso, a imprensa imperialista, que detém quase a totalidade dos mais importantes veículos de comunicação do mundo, vende a propaganda de que Israel estaria se defendendo das organizações terroristas palestinas.

Qualquer um que esteja lutando contra o imperialismo de armas na mão tem de ser apoiado. Por isso é necessário apoio incondicional a organizações como o Hamas, que representam a organização armada do povo da Palestina contra aqueles que querem esmagá-los.