Servo do Imperialismo: Israel bombardeia novamente a Faixa de Gaza

hamas

A aviação dos fascistas de Israel, que após matarem mais de 60 manifestantes sem armas nos últimos dias na Faixa de Gaza, atacou novamente com bombardeios na região de Gaza, se utilizando do argumento de que os manifestantes são do movimento Hamas. Neste sentido, os novos ataques aconteceram durante a noite desta quarta-feira (16), supostamente sobre infraestruturas do movimento em Gaza.

Segundo informações noticiadas nesta madrugada na imprensa mundial, os bombardeios atingiram novos alvos na região em retaliação pelas supostas declarações de líderes do Hamas que alguns dos mortos nos protestos seriam do movimento.

“As Forças Armadas atacaram alvos do movimento terrorista Hamas no norte da Faixa de Gaza, em particular infraestruturas terroristas e unidades de produção de armas”, afirma um comunicado militar.

Ainda segundo as fontes, tanques israelenses atiraram contra três posições do Hamas, em resposta a supostos disparos procedentes da Faixa de Gaza contra a cidade de Sderot que não provocaram feridos, informo o Tsahal, o exército israelense.

Como já dito neste diário, não importa se os chamados terroristas atacam com pedras ou armas, pois os mesmos estão reagindo ao massacre de décadas do imperialismo e do fascismo israelense em seu território. O que interessa aqui é denunciar que as leis de Israel são criminosas, e sendo assim, suas ações são de guerra, são de um verdadeiro Apartheid Palestino.